A minha fotografia
Nome:

M. Eugénia Prata Pinheiro

sexta-feira, outubro 31, 2008

Não reprovam, pronto

Eu até fico contente com tal decisão.
O problema não está em os alunos reprovarem ou não reprovarem.
O ASSUNTO é aprenderem ou não aprenderem.
E não há dúvida que o que me agrada é que todos possam aprender.
Talvez a tal decisão de que todos passem implique que se criem condições para que todos aprendam.
Aí revogariam toda esta cangalhada legislativa que tem acabado com as poucas condições que já havia para que os alunos aprendessem. E a gente, nas escolas, seria capaz de assestar baterias na criação dessas condições. As múltiplas horas de desgaste que vamos passando agora na escola podiam ser usadas a preparar o trabalhinho com os alunos; as múltiplas horas atribuidas a avaliadores e assessores/kapos podiam passar para o crédito de horas para que houvesse professores com tempo para apoiar os alunos em dificuldade; podia ser que decidissem fazer turmas de dimensão acertada, horários em condições para as turmas e para os professores; o dinheiro gasto em resmas e resmas de papel e tinteiros para grelhados (choquinhos com tinta) quase daria para arrasar os insalubres buracos onde se faz de conta que se dão aulas e construir uns pavilhões em condições...
E no mundo novo que aí vem, que não sabemos como vai ser, há de ser forçoso mudar a escola.
É ASSUNTO para pensar. Eu estou nisso.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home