A minha fotografia
Nome:

M. Eugénia Prata Pinheiro

terça-feira, janeiro 11, 2011

Explica?

BPN explica manutenção de ex-directores de Oliveira Costa pela "sua competência"

Por Cristina Ferreira e Luís Villalobos, no Público

Três altos ex-responsáveis do banco no tempo em que Oliveira Costa presidia à instituição nacionalizada pelo governo mantêm-se em funções com a actual gestão nomeada pela CGD.

A actual gestão do BPN, nomeada pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) e liderada por Francisco Bandeira, mantém em funções, ao nivel de topo, três ex-responsáveis do banco no tempo em que Oliveira Costa presidia à instituição. Um deles, Gabriel Rodes, é alvo de um processo no Banco de Portugal, enquanto Armando Pinto chegou a depor na comissão de inquérito parlamentar ao BPN. [...]



Afinal, Francisco Bandeira foi remunerado pelas funções que desempenhou no BPN em 2009. Ao todo, foram 63 mil euros. João Almeida, deputado do PP, questionou por que razão consta no relatório de 2009 da Caixa Geral de Depósitos que recebeu do BPN, 63 mil euros, quando, e sob juramento, numa audição anterior no Parlamento, tinha garantido que não iria auferir qualquer vencimento. Francisco Bandeira disse que, na altura, quando declarou que não iria receber vencimento no BPN, era essa a intenção da CGD, mas que posteriormente foi tomada a decisão.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home