A minha fotografia
Nome:

M. Eugénia Prata Pinheiro

sexta-feira, janeiro 30, 2009

Formigas amigas

O autor do blogue a presença das formigas veio alertar-me em comentário ao post Transferências para um novo modelo de avaliação de desempenho que todos aplaudirão. Fica a cópia.

O ovo de Colombo para a avaliação dos professores: com o apoio do ministério, dos professores e dos partidos.











Então é assim: cada professor escolhe um avaliador externo, pago pelo Ministério da Educação, se trabalhar na OCDE melhor ainda, entrega-lhe uns relatórios sobre o que andou a fazer, e indica-lhe com quem deve falar. Com base nisto o avaliador faz a avaliação de desempenho do professor, e atribui-lhe a respectiva classificação. Como é óbvio este modelo contará com o apoio do Ministério da Educação e do PS; se é bom para avaliar o ministério, inclusive com os rasgados elogios do engenheiro, também serve para avaliar os professores.

Depois de umas quantas rondas negociais, e uns posts do Guinote, os professores não deixarão também de dar o seu acordo; no fundo o modelo não difere muito do que a frente sindical apresentou para o corrente ano lectivo. Quantos aos partidos da oposição, uma vez que mete avaliador externo, ou seja mais uma oportunidade de pôr os privados a mamar na teta do Estado, o PSD, que em primeiro lugar propôs a avaliação externa, não deixará de apoiar; o PCP apoiará o que o professor Nogueira achar melhor, ou vice versa, mas como diz a Teresa, isso agora não interessa nada; o BE pelo carácter fracturante do modelo em relação ao que ainda está em vigor, também não se vai opor; e o CDS, que nesta fase inicial do namoro tem de bater a bola baixinho, se for bom para o PS, não irá certamente levantar grandes problemas.

Está a ver como com um pouco de imaginação e boa vontade, e quando menos se esperava, o tal pseudo relatório da OCDE, que o Governo nos fará o favor de dizer quanto custou, ainda vai servir também de inspiração para resolver um imbróglio que nunca mais acabava.

Nota minha: Na verdade é importante saber o custo do tal "relatório da OCDE" para poder orçamentar "a implementação" deste belíssimo modelo. Não referiu quotas e fez bem. O tal "relatório" também não obedece a quotas - nele praticamente tudo é excelente. E mais - vão com certeza aparecer relatórios semelhantes para os outros ciclos. Desaparecem as quotas.

O autor da presença das formigas fica desde já nomeado para o prémio de melhor professor do ano. Merece-o.

2 Comments:

Blogger Aristes said...

Agradeço ter acolhido o "ovo" na Escola. Agradeço também a nomeação, mas acontece que não sou professor.
Cumprimentos,
Aristes

4:30 da tarde  
Anonymous setora said...

Aristes,
Em relação ao prémio, não ser professor é capaz de ser uma vantagem...

6:58 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home