A minha fotografia
Nome:

M. Eugénia Prata Pinheiro

sábado, setembro 12, 2009

Inaugurações

Loures: O futuro está aqui
As grandes verdades ficam sempre bem num cartaz, em fundo azul.











No cerimónia de lançamento da primeira pedra do Crematório, o Presidente da Câmara PS de Loures garantiu ainda que: “este equipamento contribuirá para renovar a forma de estar e pensar da população”.

Será? Eu cá acho que ao fim 2 horas a 900 graus um gajo é só fumaça, está completamente, irreversivelmente, gasoso, etéreo, flutua no espaço sem peso nem dores nos rins...


Furtei do blog presença das formigas. Estive de férias e perdi esta cerimónia na vizinhança da minha escola. Estranhamente lança-se um forno crematório e apaga-se da freguesia o centro de saúde. A população, que tem agora de deslocar-se a Sacavém para tratar da saúde, passou de certeza a olhar o cemitério mais o prometido forno crematório com outros olhos. Renova-se assim a forma de estar e de pensar... E para ajudar a balizar as formas de estar e os pensamentos, inaugurou-se há pouco na freguesia uma esquadra. Também perdi esta cerimónia.

Mas de novas oportunidades para cerimónias inauguradoras está o concelho cheio. Esta semana foi um ver se te avias.Já avistamos o "boneco" do hospital de Loures...

O que me dói é que não inaugurem a estrada que mais eficazmente me permitiria chegar à escola. Faltam-lhe uns 200 metros iniciais já há uns anos embora a maquinaria pesada por ali vá andando a encrencar. Semana sim semana não são-nos propostos inovadores desvios que lamentavelmente nunca anulam a parte vidrada do trajeto. Vidrada a sério, se derrapei sem consequências, já lá vi uns de rodinhas para o ar.E todo o resto da estrada está pronto.

Pimpona ali ao lado das pistas dos aviões, convenientemente desnivelada para evitar inoportunas aterragens, asfalto marcado, letreiros colocados... Passagem permitida apenas para as cargas do aeroporto. O acesso desafiador nesta zona está acabadinho e só espera um corta-fitas.Suspeito que haja um qualquer conflito de interesses entre o senhor Jamais e o senhor Costa a impedir a cerimónia.Ofereço solução - um inaugura na entrada, outro na saída.


Agradecia que se despachassem...

2 Comments:

Anonymous Aristes said...

Na vizinhança duma escola? Será que?

E a propósito do Hospital de Loures:

Amanhã, novo anúncio de construção do Hospital de Loures
Se podiam viver sem estas rábulas? Podiam, mas não era a mesma coisa!

2:12 da tarde  
Anonymous setora said...

Sim, sim, escola com vista para o cemitério. Vizinhança tranquila.

Pois não era a mesma coisa.

Ou lançam primeiras pedras ou fazem medições no terreno. Foi o que fizeram na minha escola - promessa de construção de um pavilhão novo para rendição de dois provisórios há mais de trinta anos, com cobertura de amianto e sem circulação de ar (ai a gripe, ai o plano de contingência)onde decorre a maioria das aulas. Mediram o terreno, acho que puseram como prazo para a construção finalizada janeiro de 2010, mas desandaram e não voltaram.
Talvez os operários tenham sido deslocados para a obra do hospital de Loures, ou para um qualquer tgv, sei lá.

Ao que me consta estão a ser arrasadas e construídas de novo escolas com boas condições. Devem ter vizinhos vivos e caucasianos e ... Teias que o império tece.

3:59 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home