A minha fotografia
Nome:

M. Eugénia Prata Pinheiro

sexta-feira, outubro 01, 2010

Engenharias do inginheiro

Parte do texto de Eugénio Rosa - economista -, publicado pelo Sindicato dos Professores da Zona Centro

O FUNDO DE PENSÕES DA PT ESTÁ SUBFINANCIADO EM 650 MILHÕES €
O GOVERNO PRETENDE INTEGRÁ-LO NA SEGURANÇA SOCIAL PODENDO PÔR EM PERIGO A SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA DESTA

A PT, para distribuir todos anos elevados dividendos aos seus accionistas, não tem provisionado o Fundo de Pensões dos trabalhadores nas importância necessárias. No fim de 2009, as responsabilidades do Fundo de Pensões eram superiores a 2.265 milhões € (actualmente já devem rondar os 2.400 milhões €), e o valor dos activos do Fundo, que servem para pagar as pensões, era apenas de 1617 milhões €, ou seja, estavam em falta 648 milhões €. O valor do fundo nem dava para pagar as pensões dos trabalhadores já reformados, e muito menos para pagar as pensões correspondentes ao tempo de serviço prestado pelos trabalhadores no activo.

Mesmo aquele valor do Fundo em 1617 milhões € era pouco seguro pois mais de 40% estava investido em acções, portanto um activo de elevado risco, e ainda maior, agora, numa altura de grande instabilidade nos mercados financeiros.

Apesar desta situação ser conhecida pela entidade reguladora, que é o Instituto de Seguros de Portugal, ela nunca fez nada para obrigar a PT a corrigir rapidamente a situação, o que prova que também neste sector a entidade reguladora está refém dos grandes grupos económicos.

E agora aparece o governo de Sócrates com a estranha decisão de pretender integrar o Fundo de Pensões da PT na Segurança Social, numa das suas habituais manobras de engenharia financeira para, assim, reduzir artificialmente a dívida Pública (recebe agora, e paga pensões no futuro quando já Sócrates não estiver no governo, embora não se saiba o certo o que se pagará).

É certamente um bom negócio para a PT que assim se livrará das pesadas responsabilidades actuais e futuras do seu Fundo de Pensões, que são muito grandes, transferindo-as para o Estado, ou melhor, para a Segurança Social, mas é um negócio que poderá por em perigo a sustentabilidade financeira da própria Segurança Social, e as reformas de milhões de trabalhadores portugueses.

Uma dúvida me fica: Tirando este problema dos fundos de pensões da PT, a sustentabilidade da Segurança Social está garantida?
Até os BMW saem com problemas nos travões! Tssss, tsss


1 Comments:

Blogger Adriano Silva said...

Olá, tenho lido bastante seu blog e gostei muito, também tenho um blog que disponibiliza cursos e apostilas gratuitas, bostaria de saber se podemos trocar links, eu colocar seu link no meu blog e você colocar meu link no seu blog

meu blog é www.icursosonline.com


caso haja interesse, me avisa por favor

grato e muito sucesso sempre

abraços

12:20 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home