A minha fotografia
Nome:

M. Eugénia Prata Pinheiro

sexta-feira, março 02, 2007

Contratação de escola

Reina a confusão.

Os conselhos pedagógicos podem definir critérios de preferência mas esta gestão pós-moderna não sabe que, num concurso, as regras do jogo devem ser todas enunciadas para que os candidatos não vão ao engano. Assim, mais uma vez nesta escola, lá apareceram muitos candidatos para duas vagas. Ora puxou-se da manga um critério mistério, não publicitado na abertura do concurso - quem já tivesse trabalhado no agrupamento avançava- e chamaram-se dois dos candidatos que cumpriam o requisito. Começaram mesmo a trabalhar. Depois, balde de água fria, porque um dos candidatos, preterido e mais classificado, muito justamente reclamou da ilegalidade. E tem de se voltar atrás.

Lá ficam os outros dois, também enganados, pendurados.

Fica também pendurada a professora já reformada que, mantendo a sua dedicação aos alunos, decidiu que ficaria ao serviço até estar substituída (e esta nem já de pontos precisa, nem vai ganhar o óscar de melhor professor).

Para alguns alunos são mais uns dias sem as aulas que deviam ter.

Já antes acontecera a mesma ilegalidade mas, por sorte, ninguém reclamou (post Concursos faz de conta, de 13 de Fevereiro).

Brinca-se tranquila e impunemente com a paciência e com a vida das pessoas.


8 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Cara Setora
Ao ler o seu comentário pensei (também consigo!!!)será que os membros do C.E. da sua Escola não têm o prazer de ler o seu Blog?
Se assim fosse, talvez esta confusão do concurso não tivesse acontecido.
Vê-se logo que não precisam de pontos.... A má gestão, retira pontos? Ou isso, ninguém avalia?
007

5:38 da tarde  
Blogger Setora said...

Ler, lêem, mas sem prazer, que já há por lá uma ameaçazita em acta.

Estamos em esferas diferentes por isso têm dificuldade em interpretar.

E também há quem não goste nada de aprender e, por isso, nem goste nada de ser professor porque desconhece os mecanismos da aprendizagem.Estes cargos são esse escape e valem muitos pontos.

E há post-graduações em truques, ilegalidades e malfeitorias.

Irei escrevendo sobretudo para os que tenham prazer em ler o que conto.

12:55 da manhã  
Anonymous o desterrado said...

ai setora!
foi preciso vir para pequim para ir ao teu blog.
sim senhor muito info-actualizada.

http://odesterradoempequim.blogspot.com/

ainda vais para ministra

7:03 da manhã  
Blogger Setora said...

Afinal, rapaz, o smog por aí não é assim tão esmagador - ainda consegues ler o meu blog!

Mas o tufão da bolsa de Xangai deve ter-te baralhado a caixa dos pensamentos para te atreveres a fazer-me ameaças.

Quando eu for para ministra, vais tu para primeiro-ministro.

A vingança da chinesa!

Como diriam os meus alunos, da-se, tá-se bem, tá-se!

9:59 da tarde  
Blogger SaltaPocinhas said...

Ao meu agrupamento chegaram mais de 1000 currículos para uma vaga!
Optou-se, por enquanto, por escolher os candidatos apenas pela graduação profissional.

10:58 da tarde  
Blogger SaltaPocinhas said...

Tomei a liberdade de publicitar no meu blog que aqui há pontos para dar...
Espero que não te importes e que não fiques muito admirada se aparecer alguém a pedir-tos (até eu pediria, se não pertencesse ao grupo dos excluídos, snifff)

11:27 da tarde  
Blogger Setora said...

Saltapocinhas,

É uma verdadeira saga esta contratação de escola. Ainda bem que há agrupamentos com a lucidez de escalar pela graduação profissional.
Vou voltar a escrever sobre isto.

11:57 da tarde  
Blogger Setora said...

Saltapocinhas outra vez,

Já consegui responder ao teu comentário sobre os excluídos no post dos "não aprovados".

Temos todos muitos pontos, nós os que lá andamos a trabalhar com os alunos o melhor que sabemos.

12:02 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home