A minha fotografia
Nome:

M. Eugénia Prata Pinheiro

terça-feira, dezembro 19, 2006

Congelados

Seleccionar as salas viradas a norte, onde nunca entra um raio de sol, para as reuniões de avaliação será um sistema de arrefecimento indicado para a conservação de professores por mais uns anos ao serviço. (E professores congelados, no estrito sentido do termo, não chateiam, não mexem, não comentam...)

Sujeita ao sistema de frio esqueci-me. No afogadilho do preenchimento de não sei quantos registos de avaliação, relatórios, planos de recuperação e desenvolvimento, acta, anexos, rubrica aqui e acolá, em conselhos de turma de vinte e quatro alunos, num tempo de duas horas, com instruções que variam de um dia para o outro, esqueci-me que tinha proposta de trabalho para os colegas da Área de Projecto.

Nesta turma, já em finais de Novembro, uma aluna foi transferida para uma escola da zona de Almada para onde a família foi viver. No último dia de permanência na escola, a turma decidira fazer um almoço de despedida.

Tudo tratado em cima dos joelhos. Dez almoçaram em casa ou na escola . Os outros contaram com o almoço da festa. E que havia para comer? Um frango assado, algum pão, dois pacotes grandes de batatas fritas e umas quantas garrafas de sumo.

As aulas da tarde nesse dia foram complicadas. Catorze jovens esfaimados discutiam quem se tinha abarbatado das pernas do frango, contavam as migalhas que cada um comera.

Ataquei o mau uso que tinham feito dos vinte e cinco ou trinta euros de que dispunham para o banquete e pus na minha cabeça sugerir como tema a trabalhar na Área de Projecto o planeamento de uma actividade destas. Já uma vez fui por aqui com uma turma e foi interessante. Pensar a adequação dos alimentos ao tempo e ao lugar, calcular quantidades e preços, pensar a separação dos lixos decorrentes da função, antever riscos - facas, latas, datas de validade - é tudo conhecimento necessário.

Deixei escapar a oportunidade. Santo Alzheimer me acuda.

E há mais quem precise dos favores do santo.

A colega que substituí no 9º ano de Português (post "Ainda as vozes de burro"), já depois de todos os Conselhos de Turma concluídos, abordou-me indagando pelas auto-avaliações que os alunos tinham escrito nessa aula de substituição. Lá a informei que tudo tinha sido imediatamente entregue no Conselho Executivo que lhe deveria ter feito chegar toda essa documentação útil para o seu trabalho. Esqueceram-se?

Decidimos ambas pôr pedra no assunto durante estas férias festivas e reclamar depois.

Agora vou fazer montes de rabanadas e partir para longe destas tecnologias.

Um excelente 2007 para todos.


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home