A minha fotografia
Nome:

M. Eugénia Prata Pinheiro

segunda-feira, janeiro 15, 2007

Concursos

Era costume estar mensalmente afixado na sala dos professores o mapa de faltas. Permitia sobretudo que controlássemos possíveis erros. Claro que também possibilitava ter uma ideia das ausências globais. Este ano desapareceu. Lamento. Sei é que continuo a fazer substituições em catadupa, a fazer sozinha aulas em que deveria trabalhar emparelhada. E, como eu, muitos outros.

O processo de colocações agora em prática atrasa tudo. Quem meteu no início de Janeiro um atestado de longa duração (que pode ser de um mês) irá ser substituído quando? Já lá vão quinze dias.

Os serviços centrais do ME aceitam licenças sem vencimento sem garantirem a imediata substituição do professor licenciado. Ganham a dois carrinhos - não pagam ao da licença nem pagam ao substituto. (Andará o subsídio de desemprego tão curto que permite sobras nesta manobra?). Os alunos que se lixem e os substituidores de plantão que se danem.

Como se convencem os alunos da importância das aprendizagens nesta ou naquela disciplina quando ficam sem aulas das ditas semana após semana? Como entrará isto no balanço para o senhor Presidente? Como sobram uns trocos, deve dar pontos para o ministério.



0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home